Título: It: A Coisa
Autor: Stephen King
Gênero: Terror, suspense e mistério
Ano: 2014
Editora: Suma de Letras
Tradução: Regiane Winarski
Número de páginas: 1103
Skoob: Adicione.
Compre: Amazon

Sinopse:Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e... do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em 'It - A Coisa', clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.



“A Coisa o Estava Chamando”


It, A Coisa foi publicado originalmente em 1986 e traz a história de 7 amigos, que se passa em Darry, 1958. Cidade esta que vive uma onda de assassinatos. O livro já inicia com uma grande e triste perda. A morte do irmãozinho do Bill, chamado George. Que ao brincar na rua encontra um palhaço que lhe oferece balões flutuantes. E assim perdemos o pequeno George de maneira brutal. Nosso primeiro contato com a Coisa não é nada simpático. E assim aparecem outras vitimas, além destas mortes extremamente violentas, ainda iremos conhecer como são a rotina desta cidade, e estes moradores. E adianto que não é uma comunidade agradável, é uma cidade muito preconceituosa, encontraremos racismo,machismo, homofobia, violência doméstica, bullying entre outros aspectos que tornam a cidade mais tóxica, do que ela já é. E com todos estes fatores, temos estes sete amigos, que além de lidar com este assassino de crianças, precisam enfrentar os problemas sociais.  Bill, Ben, Eddie, Richie, Stan, Mike e Bev. Formam o Clube dos otários um grupo de amigos unidos pelas suas diferenças e diversidades. Diferenças estas, que incomodam os valentões da escola/cidade. Mas que entre eles, só os unem. Bill é gago, Ben é o gordinho e sofre muito por isso, Eddie é super protegido pela mãe de um jeito exagerado e tem asma, Stan é judeu, Mike é a única criança negra da cidade, e Bev é mulher. Todos sofrem por ser o que são. São perseguidos, humilhados, sofrem violências psicológicas e físicas pelo irritante Henry e sua gangue de idiotas. Mas alguns não sofrem violência só na rua. Ainda tem que aguentar a violência na família. 

 “Ele não tinha amigos, mas tinha seus livros e seus sonhos.”

A coisa se aproveita do medo, da fragilizada destas crianças para atacar. Ela tem várias formas. E adora vir em forma de palhaço com balões para chamar atenção das crianças. Aquela velha história, não aceite nada de estranhos.
Estas crianças de 11/12 anos são encantadoras, e não tem como não se apaixonar por cada uma delas. Vocês conhecem os grupos de amigos de Stranger Things e de Conta Comigo? Então, é a mesma magia daquela amizade. Um grupo de amigos que tentam viver sua infância, lutam contra os valentões e ainda tentam desvendar um mistério, aqui no caso, o mal que assola Derry, quem é que está matando as crianças. Com o tempo A coisa aparece para cada um deles, e marca cada encontro com algo assombroso mexendo com o psicológico destas crianças. Elas se juntam e tentam derrotá-la. E prometem que se ela voltar a atacar eles voltariam para derrotá-la novamente. O tempo passa. 27 anos depois a onda de assassinatos retorna, e o grupo de amigos hoje adultos se reúne novamente, agora com um olhar mais maduro vão enfrentar seus medos e A Coisa.

“-Mas é m-mesmo um p-p-palhaço?
 -É um monstro.”


Ao acompanharmos toda esta jornada desde a infância nos aproximou muito dos personagens. Senti-me parte do clube dos otários, e me emocionei, sofri e senti medo junto com eles.

It é uma historia linda de amizade, coragem e o poder do amor e confiança. E que juntos, eles são mais fortes. É muito bom ter com quem conversar e contar seus medos e duvidas dividir a carga. Nós sentimos toda a nostalgia daquela amizade de infância. Das aventuras nas ruas, dos segredos. (Uma das cenas mais gostosas e que lembrou muito minha infância, é de Bill em sua grande bicicleta. Eu e minha prima adorávamos pegar a bicicleta do pai dela, que era enorme e ficávamos pedalando na rua. O vento no rosto, as quedas. Momentos inesquecíveis.)

It A coisa foi uma leitura deliciosa que aqueceu muito meu coração, pelos momentos lindos, mas que também me incomodou pela maldade de algumas pessoas. Pois teremos personagens doces e bonitos, mas teremos aqueles que só se sentem bem fazendo o mal. É um livro bonito, cheio de suspense e mistério. King se aprofunda na vida dos 7 personagens e da cidade, nos deixando completamente imerso na trama. Com certeza foi uma das minhas melhores leituras até agora e se tornou favorito da vida. São 1,103 páginas que passam voando, tanto, que quando cheguei na página 850 já estava chorosa porque já ia acabar.


Só teve um ponto negativo, uma cena que não gostei no livro, uma situação envolvendo um personagem. Eu não entendi aquilo e não entrou na minha cabeça. Achei muito estranho. Simplesmente tentei ignorar o fato, pois o livro é muito maravilhoso para aquela cena tirar meus momentos bons de leitura. Mas confesso que queria entender os motivos de Stephen King produzir aquela situação.


Não falei nem a metade dos sentimentos que este livro me causou. Alegria, medo, angústia, amor, carinho... Mas vou finalizando por aqui, pois este texto já está enorme. Então só posso pedi para que leia IT a coisa e conheçam estas pessoas maravilhosas, que são tão humanas, palpáveis, que é difícil aceitar que são fictícios. Mas o bom, é que sei que também tive meu clube dos otários, e também enfrentei coisas na minha vida. e foi muito bom superar as diversidades. E adorei poder participar de mais um clube com amigos tão leais e verdadeiros. Neste romance teremos sete amigos lutando contra o mal, tentando vencer seus medos. Através de suas lembranças de infâncias, dos momentos mais singelos, inocentes e humanos resgatam forças para enfrentar mais uma vez a maldade que domina Darry.

“Ela queria gritar, mas não conseguia. Os gritos eram grandes demais para sair.”









13 Comentários

  1. Oie
    Eu amo Stephen King. E IT é sempre referência aqui em casa. De piada a susto kkkkk
    Assisti qdo passou na TV, e lembro qdo alugamos em vhs. Foi uma tarde inesquecível.
    Estou super ansiosa pelo remake que vai sair no cinema.
    Boa resenha,trouxe boas lembranças hehe
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Nem li a resenha, porque esse é um livro que corro às léguas, só a capa me da azia. Por mais que as pessoas falem de tudo esse livro tem algo que eu D E T E S T O... palhaços. Pra piorar ainda mais um palhaço do mal... arrrggg... me dá arrepios só de imaginar.
    Eu amo a escrita do tio King, acho-o um gênio, mas eu tenho IT e O Apanhador de Sonhos como restrições de leitura, pois vi os filmes e mesmo não sendo fiéis pelo que já pesquisei, as duas histórias me dão um nó no estômago, chega dar enjoo não rola. Fico feliz que tenha gostado, eu não tenho estomago para esse livro.

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Ainda não It, não vejo a hora de conseguir fazer a leitura. Gente essas histórias de amizade que King escreve são mágicas, ele nos transporta para um tempo onde a infância era uma delícia, adoro King

    ResponderExcluir
  4. Rapaz... to com a Raíssa kkkkkk corro desse livro. Palhaços me dão arrepios haha
    Se eu já tenho receio de ler algo do King, imagine ler It... acho que daria um treco kkkk Mas, que bom que tu gostou... e ler mais de mil páginas desse gênero não é pra qualquer um xD

    bjs - Papierllon

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Acredita que ainda não tive contato algum com a escrita de King?! Pois é!
    Adorei saber suas impressões sobre a obra e a premissa me deixou bem curiosa principalmente por chocar um pouco com as personagens que só se sentem bem fazendo o mal!
    É bom saber que tem também esses laços de amizade no decorrer da trama. A capa é bem sinistra e chama muito a atenção.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Ana!

    Sou apaixonada pelos livros do Stephen, mas infelizmente ainda não consegui efetuar essa leitura. Estou louca para ler e sua resenha só me fez ficar mais louca ainda, haha! Amei a resenha, ficou uma graça e com as informações que eu precisava.

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oie!
    Eu ainda não li nenhum livro do King, e olha que muitas pessoas me indicam os livros dele. Eu acho a capa desse livro bem sinistra, mas mesmo assim eu tenho curiosidade para ler.
    Bjks!
    histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Tenho uma enorme curiosidade sobre a escrita e as obras do Stephen, porém a maioria dos seus livros são de terror, e esse é um gênero do qual não sou muito familiarizada e por isso os evito. Outra coisa que me impede de ler algo do autor é o número de paginas, me assusta hahaha. Esse é o único livro dele que não tenho um pingo de interesse em ler.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Tenho medo do autor, mas lendo sua resenha não achei que parecia ser muito assustador o enredo... Mas só de ter mortes extremamente violentas não acho que seja pra mim. Nunca imaginei que essa história tivesse uma grande passagem de tempo como essa de 27 anos!

    ResponderExcluir
  10. Olá! Estou lendo It e estou amando! A escrita de King é fascinante, ele conduz a história de uma maneira maravilhosa! Confesso que fiquei arrepiada algumas vezes rsrs, beijos!

    Entre Livros e Pergaminhos

    ResponderExcluir
  11. Que fotos lindasss! Adorei a resenha, sempre tive vontade ler esse livro, mas me faltou tempo e oportunidade, a premissa é incrível e realmente nos dá medo rsrs.

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?
    Sou fã do titio King e tenho um caso de amor e ódio por esse livro hahahahaha.
    Fico feliz que tenha gostado.

    Abraços

    http://www.viciadosemleitura.blog.br/

    ResponderExcluir
  13. Esse gênero não é o meu favorito mas esse livro me deixa muito curiosa, estou quase comprando para matar a curiosidade. Adorei a resenha e gostei das fotos também.

    ResponderExcluir